domingo, 31 de agosto de 2008

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Parte 1

É preciso mais repetições? Ainda acham que não é penalty? Depois do episódio Xistra, prá semana acho que teremos o episódio Sousa.

domingo, 24 de agosto de 2008

Inicio da Liga Sagres

Esta 1ª jornada da Liga Sagres deu a entender de muito do que pode ser este campeonato. E confirmou muitas ideias da pré-época.

Desde já, a confirmação dos péssimos inicios de Maritimo, Belenenses, Leixões e Académica. Foram 4 equipas que mudaram muito e para pior, principalmente as 3 primeiras. Depois, a confirmação da qualidade de equipas como Setúbal, Rio Ave, Nacional e Guimarães. A Naval, Trofense, E. Amadora e Paços de Ferreira continuam a ser incógnitas, embora sejam todas eles candidatos à despromoção. Noutro patamar, o Braga mostrou um plantel muito bom e com Jorge Jesus é uma equipa que poderá fazer muito em Portugal e na Europa.

Quantos aos 3 grandes, alguns apontamentos: o Sporting mostrou consistência, mostrou que tem boa equipa. Veremos se mostra regularidade, que é o que tem faltado à equipa leonina. Quanto ao Porto, não parece estar ao nível do ano passado. Notam-se várias ausências, a intensidade e ritmo de jogo não se aproxima de niveis passados. Poderá ser explicado por estarmos em inicio de época mas parece-me que Bosingwa, P. Assunção e Quaresma não foram substituidos devidamente. No Benfica, o nível é francamente superior ao do ano passado (também não é tarefa complicada), embora ainda se vejam alguns períodos de apatia.

Uma nota final para o tema recorrente: arbitragens. Parece impressionante como o sistema começa a trabalhar já à 1ª jornada e os intervenientes do costume não percam a vergonha. Refiro-me a 3 lances em que não há a minima discussão e em que só um cego não pode confirmar o que eu digo: Polga faz falta sobre Zé Carlos 2/3 metros fora da área. Vermelho indiscutivel mas possivelmente o penalti mais ridiculo de todos os tempos. Só um descarado pode marcar aquele penalty. Depois, no Rio Ave x Benfica, a carga sobre Quim não assinalada que iria, no lance seguinte originar o golo do Rio Ave; e o penalti incrivelmente não marcado sobre Aimar.

Paulo Bento sabe do que fala. Isto não vai mudar. E o Carlos Xistra muito menos.

Ah Não Viste?

Palavras de Jesualdo Ferreira:

«Nunca deu uma cotovelada em ninguém»

«Recordo que ele foi escolhido pela UEFA para fazer demonstrações de técnica defensiva. Ninguém escolhe um jogador por ser violento ou incorrecto. O Bruno Alves sofre mais faltas do que faz.»

«Recordo que ele foi escolhido pela UEFA para fazer demonstrações de técnica defensiva. Ninguém escolhe um jogador por ser violento ou incorrecto. O Bruno Alves sofre mais faltas do que faz.»

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

O Verdadeiro Campeão

Ao verdadeiro campeão do profissionalismo, da confiança, do mérito! Parabéns Nélson Évora

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

sábado, 16 de agosto de 2008

Desilusão dos Jogos

Vamos em uma semana de Jogos e o melhor resultado continua a ser o 7º lugar de Ana Hormigo. Na foto, temos a mais recente desilusão, Francis Obikwelu, juntamente com um dos grandes favoritos, Tyson Gay, que também não alcançou a final. Mas a eliminação de Obikwelu tem algo de diferente em relação às restantes.

Por um lado, pelas expectativas (infundadas) baseadas no seu passado. Obikwelu foi medalha de prata em Atenas mas, desde aí, os grandes resultados desapareceram e veio a Pequim em fase terminal de carreira (aliás, mal acabou a prova, o corredor português anunciou o final da sua carreira). No entanto, pelo que fez nos jogos passados, os portugueses acreditavam que ele ia ganhar alguma medalha. Reforço, infundadamente. E ainda teve a humildade de pedir desculpa aos portugueses, pois, segundo as suas palavras, "eles pagaram para que eu tivesse aqui". Não era preciso mas fica muito bem.

Encontramos outras três categorias de atletas, até agora. Os que ir aos Jogos já é uma vitória e não se pode esperar muito mais deles: natação, hipismo e grande parte dos atletas do atletismo; os que eram considerados favoritos ou candidatos aos 5/7 primeiros lugares e falharam redondamente: João Neto, Joaquim Videira, João Costa, João Pina e, principalmente, Telma Monteiro. Quase todos se desculparam com os árbitros. Podem ter sido, efectivamente, prejudicados mas não justifica tudo. E eu começo a ficar farto de ouvir tanto tipo de desculpa para correr mal os Jogos. São os árbitros, é a poluição, é uma lesão que só é revelada no final da competição ou até mesmo um descarado (não tem outro nome) que diz que não consegue competir de manhã porque nesta altura do dia só está bem na caminha. Por último, temos (infelizmente poucos) os casos de quem não dá nada por eles e conseguem bons resultados. Neste momento, só consigo identificar o caso da dupla do Remo, que conseguiu um brilhante 8º lugar. Existem ainda esperanças que aconteça o mesmo na vela.

Medalha ao Chão!

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Algumas Notas

Depois deste jogo com o Guimarães, algumas notas:

Gostei muito de Urreta. Muito rápido, boa finta, técnica apurada, é um jogador a apostar.

Gostei de Katsouranis. Não haja dúvidas: a ficar, o lugar de Katsouranis é a trinco, onde nunca jogou no Benfica. Pelo que se viu neste jogo, é lá que melhor pode mostrar as suas qualidades.

Gostei de Cardozo. Está mais solto, mais rápido. Precisa de jogar mais mas parece-me que será um jogador mais à medida das necessidades da equipa.

Gostei de Carlos Martins. Parece-me que, sem soltar o seu mau feitio, a sua garra no meio campo pode ser bem útil.

Gostei de Sidnei e de Luisão. Complementam-se. Formam uma boa dupla. Miguel Vitor merece ficar no plantel.

Finalmente, gostei de Moreira. Mostra que está, definitivamente, recuperado e que pode dar trabalho a Quim.

No campo oposto:

Não gostei de Aimar. Está na posição errada e está completamente sem ritmo. Se a ideia é colocar Aimar como segundo avançado, para quê Luis Garcia???

Odiei o Nelson. Com atitudes destas em campo, deve sair do Benfica imediatamente.